A importância do projeto de ar condicionado

A importância do projeto de ar condicionado

Atualmente o mercado disponibiliza uma grande variedade de sistemas de ar condicionado, com ampla faixa de preços. A primeira opção de um empresário seria comprar um sistema que exija o menor investimento inicial, contratando apenas uma empresa instaladora para climatização do ambiente desejado.

Posteriormente, ao ser analisado o consumo energético do ambiente climatizado, o empresário constatará que a conta de energia elétrica aumentou em aproximadamente 50%, só com o consumo de ar condicionado.

Assim, a instalação de um sistema de ar condicionado requer uma avaliação prévia e criteriosa, com a elaboração de um projeto que implicará em custos operacionais adequados. Um sistema projetado, portanto, é um investimento que reduz o consumo elétrico desnecessário e tem um retorno do investimento (ROI) menor do que um ano.

Ao contratar um projeto, o cliente terá ao seu dispor um especialista, sem qualquer interesse na venda de equipamentos, que projetará a instalação na capacidade adequada, com soluções que atendam às necessidades do empresário, dentro da disponibilidade prevista para investimento. Desta forma, a seleção do sistema a ser adotado considerará não somente o investimento inicial, mas também os custos operacionais, de manutenção e interferências sobre a edificação e demais instalações.

Com a elaboração do projeto, determinam-se previamente as interferências do sistema de ar condicionado com a edificação e demais instalações, o que reduzirá custos, transtornos e desperdícios durante a instalação, sendo, portanto, vital para o planejamento global do empreendimento.

Em instalações existentes, a questão da interferência do ar condicionado com outros sistemas existentes no prédio torna-se mais complexa, o que reflete a importância do respectivo projeto.